Colagénio – testei 5 suplementos. Como respondeu a pele?

colagénio

Desde há alguns anos que faço suplementação com colagénio (para além de suplementação com ácido hialurónico) e a razão pela qual a faço é porque me foi recomendada em consulta de dermatologia, como um add on aos tratamentos (preenchimento com ácido hialurónico e mesoterapia) e também aos cuidados de pele que tenho, quer seja através de produtos cosméticos, quer seja através de bons hábitos de vida. Hoje vou explicar o que tens de ter em conta na escolha de um suplemento de colagénio e mostrar a minha opinião e os resultados obtidos com 5 diferentes suplementos.

Colagénio em suplemento – perguntas e respostas

Antes de falar sobre os meus resultados com 5 suplementos diferentes de colagénio, é importante responder a algumas questões básicas. E é também importante esclarecer que a suplementação não deve ser feita em substituição de uma alimentação variada e de um estilo de vida saudável. Qualquer dúvida sobre a toma de um suplemento deve ser questionada ao médico assistente / dermatologista.

  • Que tipo de colagénio devo escolher num suplemento? Que dosagem devo escolher?

De preferência colagénio hidrolisado do tipo I numa dosagem que dependendo da idade pode ir de 2,5 a 10 g / dia. É importante explicar que existem mais de 20 tipos de colagénio no corpo humano, e que a pele tem cerca de 80% de colagénio do tipo I. A forma predominante encontrada na pele é do tipo I, seguida do tipo III. Não faz sentido escolher um suplemento para as articulações e esperar que tenha um efeito benéfico na pele, se a maior parte do colagénio nas articulações é do tipo II.

  • O que é colagénio hidrolisado?

É um colagénio que sofreu uma reação de hidrólise (reação com água), tendo ficado mais facilmente digerível e garantindo assim a sua elevada biodisponibilidade (absorção e ação no local onde é mais necessário, como por exemplo a pele e mucosas).

  • Como garantir a absorção do colagénio?

A maior parte do colagénio é hidrolisado mas o processo de hidrólise varia. Quanto mais pequeno for o tamanho molecular após o processo de hidrólise mais biodisponível se torna (sendo mais eficaz). O colagénio é uma proteína grande, pelo que se não for hidrolisada a sua absorção ainda é menor. Por exemplo o colagénio extraído de salmão selvagem tem um peso molecular muito baixo (abaixo dos 3.5 KDA), mais facilmente absorvido. A opinião médica ainda não é consensual quanto aos suplementos de colagénio. Há médicos que referem que este tipo de suplementos não tem efeito na pele, e outros que os indicam como um add on (com efeitos visíveis na pele). Eu tomo por sentir efeito, caso contrário não o faria.

  • Porquê fazer apenas 10 dias por mês – no caso de uma dosagem elevada?

Dada a capacidade do corpo humano em assimilar colagénio. Após se ter reposto o máximo de colagénio é necessário deixar que o corpo use esse colagénio exógeno para estimular o fibroblasto a produzir colagénio endógeno.

  • Colagénio em pó ou em comprimidos – há diferenças?

Não há grande diferença desde que seja o mesmo tipo de colagénio. Com o pó a absorção é mais rápida e consegue-se administrar maior quantidade de colagénio.

  • Há estudos / publicações sobre a eficácia destes suplementos?

Não existem muitos estudos e a maior parte são feitos pelas empresas comerciais que têm os suplementos. Em todo o caso achei interessante partilhar este estudo que demonstra a absorção e a disponibilidade do colagénio na pele, apesar de o “n” (número de pessoas incluídas no estudo) ser baixo.

  • Pode tomar-se um suplemento de colagénio em qualquer idade?

Sim, idealmente a partir dos 30 / 35 anos. Sabe-se que os níveis de colagénio na pele descem drasticamente a partir de determinada idade. Com a idade a pele torna-se mais fina e existe uma natural degradação do colagénio. A partir dos 30 / 35 anos começamos a verificar essa perda. Depois, na menopausa, até 30% do colagénio da pele (tanto do tipo I como do tipo III) são perdidos nos primeiros cinco anos após a menopausa. Depois da menopausa, o colagénio da pele diminui em média 2,1% ao ano, durante 15 anos.

  • Existe alguma contraindicação na toma de um suplemento de colagénio?

A menos que exista alergia a algum dos componentes (e isso é importante aferir), a resposta é não. Como em qualquer suplemento alimentar, não é aconselhado em grávidas ou em mulheres a amamentar porque não há estudos realizados. Confirmar sempre com o médico antes de decidir tomar um suplemento alimentar.

  • A que horas tomar um suplemento de colagénio?

Eu tomo à noite, de acordo com a recomendação da Biocyte (uma das marcas que tem suplementos para a pele). Para uma maior eficácia, o corpo deve estar em repouso após a toma de um suplemento de colagénio. Embora esta informação não esteja clara em vários suplementos, a realidade é que há marcas que recomendam a toma de manhã.

A minha experiência com o suplemento Collagen Express em sticks da Biocyte

colagénio

De todos os que já testei este tem sido o meu favorito ao longo dos anos. E foi também aquele que foi prescrito pela minha dermatologista, a Dra. Marisa André. Já falei sobre ele aqui. É um colagénio hidrolisado marinho do tipo I (de salmão selvagem) que garante uma elevada quantidade de dois dos 3 aminoácidos indispensáveis para que o fibroblasto sintetize colagénio endógeno (prolina e glicina). Tem 5 gramas por stick e o sabor é bastante agradável (sabe a pêssego). Faço 10 dias por mês (por norma de dia 1 a dia 10, assim nunca me engano). Não contém açúcar. O resultado na pele? Pele ultra suave, repulpada, maravilhosa. A dissolução é fácil se colocando o pó devagar na água (e não tudo de uma vez só). Depois basta misturar energicamente.  Costumo comprar aqui a embalagem de 30 sticks para 3 meses. Também já fiz o suplemento da mesma marca com 7 gramas de colagénio por dose, este, de frutos vermelhos, mas não senti diferença na pele vs os sticks e o sabor, quanto a mim, não é tão bom.

A minha experiência com o suplemento Collagen Express Gummies da Biocyte

colagénio

Esta é uma forma bem prática de tomar o suplemento, no formato gomas (sem açúcar), também hidrolisado e do tipo I. Tomam-se 3 gomas por dia, que perfazem uma dosagem de 2,5 g de colagénio. Este suplemento contém ainda vitamina C. O sabor é bastante agradável (3 sabores diferentes de frutas). Para mim o resultado é bastante bom, no entanto contém uma dosagem inferior aos sticks que mencionei antes, com os quais sinto a pele mais repulpada e suave (a diferença não é grande, mas para mim é a suficiente para optar pelos sticks). Existe à venda aqui. Uma saqueta com 30 gomas dá para 10 dias.

A minha experiência com o suplemento Naära

naara

naara

Recebi este suplemento de uma seguidora que trabalha os produtos da Jeunesse. Trata-se de um colagénio hidrolisado do tipo I com 11 g de colagénio por dose. Contém ainda L-cisteína (234 mg) e 60% da DDR de biotina (razão pela qual se pode sentir também uma ação benéfica no cabelo), vitamina C, niacinamida, vitamina B6, vitamina B12, ácido pantoténico e zinco. A marca recomenda fazer a toma todos os dias (o que contraria aquilo que é referido nas perguntas e respostas sobre colagénio). Eu tomei só os 10 dias por mês. Para mim tem 2 pontos negativos: tem açúcar e não adorei o sabor. Como a quantidade de colagénio é superior a dose de pó também é grande e temos de misturar num copo com pelo menos 200 ml de água (por isso o “esforço” para o tomar ainda é maior). No entanto os resultados na pele são muito bons, pela uuuultra suave, hidratada e repulpada. Em todo o caso após questionar a marca várias vezes nunca fiquei a saber a quantidade de açúcar por dose e isso para mim é um turn off.

A minha experiência com o suplemento Collmar da Drasanvi

collmar

Experimentei este colagénio marinho hidrolisado do tipo I depois de uma seguidora me ter falado nele. A marca refere que tem um peso molecular baixo e apresenta 9 g por dose. Contém ainda ácido hialurónico mas numa quantidade bastante baixa (apenas 10 mg) o que não é suficiente para um efeito visível na pele (devemos procurar um suplemento de ácido hialurónico com cerca de 100 – 200 mg). Contém ainda óleo de onagra e óleo de borragem que hidratam a pele, vitamina C e biotina. O sabor é a frutos vermelhos (a marca tem vários colagénios diferentes), mas para mim sabe imenso a edulcorantes (embora o sabor não seja desagradável não foi o meu favorito). Tomei 10 dias seguidos e não senti o mesmo resultado na pele que com os sticks de colagénio da Biocyte que têm uma quantidade bastante inferior de colagénio. Por isso continuei a tomar até terminar a embalagem (dá para 27 dias). Pareceu um suplemento interessante mas os resultados não foram os melhores, para mim. Comprei aqui.

A minha experiência com o suplemento Colagenius Beauty

colagénio

colagenius beauty

colagénio

Depois de já ter tido uma experiência menos boa com o customer service da marca Colagenius, ainda assim decidi dar o benefício da dúvida. A experiência menos boa foi ter questionado a marca sobre o tipo de colagénio presente nos seus suplementos para a pele e nunca ter tido a resposta que procurava. Explicaram que é hidrolisado mas nunca conseguiram dizer se é do tipo I, II, III, … e isso faz toda a diferença. Para mim, que já fui responsável por lançar um suplemento de colagénio para as articulações (nesse caso colagénio do tipo II), esta resposta parece-me muito pouco profissional. Este suplemento contém 10 g de colagénio por saqueta. Contém ainda resveratrol, romã, videira vermelha com ação antioxidante, 10 mg de ácido hialurónico (uma vez mais uma quantidade bastante insuficiente para reclamar efeito na pele), selénio, zinco e biotina. A minha avaliação? Eu não senti o efeito na pele que costumo sentir com a toma de um suplemento de colagénio. Tomei-o 30 dias seguidos e o resultado ficou muito abaixo das minhas expectativas… Não irei voltar a comprar. É mais acessível que outros colagénios, mas para não observar resultados não me faz sentido investir. Comprei aqui.

 

Esta é a minha experiência atual com suplementos de colagénio. Em breve vou testar uma novidade que me parece ser muito interessante e partilharei a minha experiência. Usas suplementos para a pele? Agradeço todas as partilhas em comentário a este artigo!

Fotografia: Márcia Soares

Disclaimer: Este artigo contém links afiliados. Ou seja, se comprares os produtos através dos links que eu disponibilizo (no dia ou até uns dias a seguir), eu ganho um valor sobre essa mesma compra, e o mesmo é utilizado para adquirir outros produtos para testar e fazer reviews para este projeto. Os links foram escolhidos com o objetivo de te apresentar opções seguras de compra. Eu utilizo / já utilizei todos os produtos mencionados neste artigo. 

Posts relacionados

Flacidez da pele: Potenza, o tratamento que estou a fazer

Esta deve ser das perguntas que mais me colocam: "O que fazer para a flacidez da pele"? Se sabemos que há cuidados cosméticos que ajudam no processo de envelhecimento, também sabemos que a flacidez é uma das quei...

Outubro 15, 2021

Oskia Nutri-Bronze Sérum: tratamento, glow e cor, 3 em 1?

Desde a pandemia, que muitas rotinas mudaram, e no meu caso, especialmente as rotinas relacionadas com maquilhagem. Uso pouquíssima maquilhagem, não só porque a minha pele está bastante uniforme e luminosa, como ...

Outubro 5, 2021

Colagénio Verisol ® – o que é e quais os seus benefícios?

Tenho recebido várias perguntas sobre suplementos de colagénio e de ácido hialurónico, e exatamente a propósito deste tema hoje venho explicar tudo sobre colagénio Verisol ®, o que é, para que serve e quais os be...

Setembro 28, 2021

7 comentários

  1. Carla diz:

    Bom dia Joana,

    gostei muito deste artigo. Desconhecia essa particularidade de se dever tomar o colagénio à noite.
    E o ácido hialurónico, deve ser tomado em conjunto, ou noutra altura do dia?
    Como costumas fazer?
    E deve ser tomado com algum alimento em especial (p.e, devemos ter ingerido gorduras nessas refeições?)

    Um beijinho

    1. Joana Alvares diz:

      Olá Carla! No caso do ácido hialurónico tomo sempre de manhã, depois do pequeno almoço. Na embalagem não vemos advertências / recomendações quanto à ingestão de outros alimentos em simultâneo. Se existissem deveria vir mencionado. Um beijinho! Joana

  2. Carla diz:

    Muito obrigada, Joana
    Um beijinho

  3. Cristina diz:

    Olá Joana
    Já uso o Colagenius há uns anos e realmente nunca senti grande diferença, mas ia usando porque acreditava que ainda assim alguma coisa prevenia!!!! No entanto, nesta ultima formulação notei uma melhoria na queda do cabelo e por isso senti-me mais motivada a continuar. Agora que vi este artigo fiquei mesmo com a sensação que andei a desperdiçar dinheiro tirando talvez os últimos dois ou três meses. Acabei de encomendar o Biocyte para experimentar e utilizar de acordo com as recomendações que dá. Curiosamente vi que também tinham sticks com 10g, mas comprei o de 5g. Depois darei feedback. Obrigada mais uma vez pela dedicação, disponibilidade e serviço público que presta!!!

    1. Joana Alvares diz:

      Olá Cristina! Os sticks que referem 10 g são exatamente os mesmos, ou seja, é uma questão de posologia diária, que pode ser de 1 a 2 sticks por dia (durante 10 dias), ou seja 5 a 10 gramas. Continuo a fazer apenas a toma de 1 stick por dia, não vejo necessidade de aumentar, pois vejo resultados com 5 gramas. Um beijinho, Joana

  4. Ana Afonso diz:

    Olá Joana, adorei o post (que só descobri hoje).
    Tenho pesquisado sobre suplementos de colagénio, recebi hoje uma embalagem de cápsulas de colagénio marinho (de peixe) 225mg + Acido hial 150 mg + Coenzima Q10 100 mg + vitam C 80 mg. Não sei se a compra foi boa, o objetivo é melhorar a pele.
    A marca é Key Health (veio de Espanha). Pode dar-me a sua opinião sobre o produto e sobre o modo de tomar pois a indicação é 1 por dia (sem especificar qt dias seguidos.)
    Muito obrigada

    1. Joana Alvares diz:

      Olá Ana! Infelizmente não conheço este colagénio de que falas. Deves ter a certeza de que se trata de colagénio hidrolisado do tipo I. Se a marca refere que é para tomar diariamente então deves fazer tal como vem descrito, até porque a dosagem de colagénio é relativamente baixa e parece ser mesmo para toma diária… Resta saber se se traduz em resultados. Um beijinho! Joana

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

    A
    Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. Este website está protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Condições do Serviço do Google são aplicáveis.

    My beauty Wishlist