Lipedema, o que é e como tratar?

lipedema

“Pernas desproporcionalmente gordas”? Podemos estar a falar de lipedema. Esta é uma doença sobre a qual se fala muito pouco no nosso país! Por esse motivo sinto que é extremamente importante falar sobre lipedema. Neste artigo a cirurgiã vascular Dra. Joana de Carvalho explica o que é esta doença que afeta maioritariamente as mulheres. O que é o lipedema? Como tratar? Que resultados se podem esperar do tratamento?

Mas antes… “Pernas lindas”, o livro dedicado à saúde e beleza das pernas

Recomendo a leitura deste livro, “Pernas Lindas”, da Dra. Joana de Carvalho, um livro inteiramente dedicado à saúde e beleza das pernas, com inúmeros dados curiosos e uma verdadeira bíblia dos cuidados com as pernas. Foi a pensar nas mulheres que vê na sua prática clínica que decidiu escrever este guia prático. A Dra. Joana de Carvalho partilha os cuidados médicos a ter com os problemas que mais afetam esta parte do corpo, como as temidas varizes, a celulite ou o lipedema, sem esquecer conselhos práticos de estética, para umas pernas saudáveis, mas também lindas e que aumentam a autoconfiança.

Gostei muito de ler!

O que é o lipedema e como tratar, pela Dra. Joana de Carvalho

O lipedema é uma doença que se caracteriza por uma acumulação desproporcional de gordura nos membros – mais frequentemente nos membros inferiores, podendo, em cerca de 30 % dos casos, envolver os braços.

Apesar de ter sido descrita pela primeira vez em 1940, apenas recentemente se tem vindo a assistir a um entusiasmo científico e um awareness crescente sobre o lipedema.

Quem sofre desta doença queixa-se habitualmente de:

  • “Pernas desproporcionalmente gordas”
  • Dificuldade em perder volume nas pernas apesar de várias tentativas de dieta com perda significativa noutras regiões do corpo
  • Dor
  • Hipersensibilidade
  • Sensação de peso
  • Ocorrência de equimoses (pisaduras) fáceis
  • Arrefecimento das pernas

Não raras vezes ouço em consultório: “Parece que tenho dois corpos” ou “Parece que ando sempre com umas calças vestidas” ou “Desde a puberdade tenho vergonha das minhas pernas tão gordas”.

Qual a causa do lipedema?

A causa do lipedema não é claramente conhecida mas acredita-se ter uma importante componente hereditária – frequentemente alguma outra mulher na família tem umas pernas de configuração semelhante: “Lá em casa todas temos assim as pernas”. Por este motivo, o problema é, muitas vezes, desvalorizado e tido como uma característica familiar.

O lipedema atinge quase em exclusivo as mulheres

O lipedema atinge quase em exclusivo as mulheres e parece surgir ou agravar em períodos de alteração hormonal significativa:

  • puberdade
  • início de toma de anticoncepcional oral
  • gravidez

É uma situação acompanhada de grande frustração, principalmente por haver tão pouco conhecimento e estar tantas vezes por diagnosticar. Não raras vezes as mulheres já consultaram vários médicos de diferentes especialidades obtendo diagnósticos díspares como obesidade, linfedema ou hábito corporal familiar. Isolamento social e depressão acompanham frequentemente esta “doença das pernas gordas”.

Mas o lipedema apresenta algumas características distintivas:

  • surge de forma simétrica (2 pernas e/ou 2 braços)
  • poupa os pés e as mãos (que surgem “magrinhos”)
  • acompanha-se de dor e/ou hipersensibilidade
  • não regride com o descanso
lipedema
O que fazer em caso de lipedema?

O primeiro passo para o tratamento é o diagnóstico correto. Desde esse momento podem ser instituídas medidas orientadas e devidamente individualizadas, como:

  • dietas específicas, nomeadamente a dieta anti-inflamatória e/ou ciclos de dieta cetogénica, as que têm evidenciado resultados mais positivos
  • início e/ou orientação da prática de exercício: os exercícios na água são particularmente indicados pela ausência de impacto, pela resistência natural da água e pelo efeito da pressão hidrostática

Estas medidas não têm um efeito imediato. A paciente deve estar ciente que se trata de um problema crónico que exige cuidados continuados e o seu tratamento implica um importante caminho de auto-conhecimento: quais os gatilhos que agravam o seu lipedema e quais as medidas mais eficazes.

Cirurgia em caso de lipedema?
lipedema

Cirurgia às pernas num caso clínico de lipedema – uma perna já operada e a outra ainda por operar

Após todas as medidas  conservadoras, se ainda assim os sintomas persistirem e os resultados ficarem aquém do esperado, haverá a possibilidade de realizar cirurgia de redução de volume, isto é, lipoaspiração. Contudo, esta lipoaspiração deve ser realizada por profissionais experientes em lipedema já que implica técnicas específicas estando particularmente recomendada a técnica WAL – Water-jet Assisted Lipossuction.

Este tratamento pode implicar uma a três cirurgias já que o volume a aspirar em cada momento é limitado, de forma a assegurar segurança, eficácia e adequada recuperação.

Dra. Joana de Carvalho, cirurgiã vascular especializada em flebologia estética

Artigos que poderão também interessar

Para quem procura mais informação sobre derrames e varizes:

  • Varizes, 6 mitos e realidades sobre tratamento – aqui
  • Derrames e varizes – precisam de tratamento? – aqui

 

É muito importante consultar o especialista certo para lidar com uma doença como o lipedema. A Dra. Joana de Carvalho é uma referência na sua área. É fundadora da LegClinic, a única na Europa com este conceito, inteiramente dedicada ao tratamento abrangente da saúde e beleza das pernas.

Fotografia: gentilmente cedida pela Dra. Joana de Carvalho

Posts relacionados

La Crème Main Chanel: realmente vale?

Quando comprei o La Crème Main da Chanel para usar na carteira estava na expectativa de perceber se iria ser uma paixão ou se se iria tornar em mais um daqueles investimentos sem sentido. Hoje vou explicar se o L...

Outubro 19, 2022

Corpo e pós-férias: 10 must have!

A vida é feita de equilíbrios, e o meu equilíbrio passa por relaxar 100% em tempo de férias. Por isso Setembro é, em primeiro lugar, o mês de regresso ao exercício físico (finalmente já comecei o ginásio! ... dep...

Setembro 15, 2022

Autobronzeadores: cor dourada sem sol em 6 sugestões

Hoje decidi dedicar-me ao tema "autobronzeadores" sobre o qual me fazem tantas perguntas! Todos os anos, desde há vários anos, que faço um suplemento autobronzeador, começando por volta de Maio e terminando sensi...

Maio 31, 2022

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

    A
    Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. Este website está protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Condições do Serviço do Google são aplicáveis.

    My beauty Wishlist

    Copyright Beautyst . 2022