Lipedema, o que é e como tratar?

lipedema

“Pernas desproporcionalmente gordas”? Podemos estar a falar de lipedema. Esta é uma doença sobre a qual se fala muito pouco no nosso país! Por esse motivo sinto que é extremamente importante falar sobre lipedema. Neste artigo a cirurgiã vascular Dra. Joana de Carvalho explica o que é esta doença que afeta maioritariamente as mulheres. O que é o lipedema? Como tratar? Que resultados se podem esperar do tratamento?

Mas antes… “Pernas lindas”, o livro dedicado à saúde e beleza das pernas

Recomendo a leitura deste livro, “Pernas Lindas”, da Dra. Joana de Carvalho, um livro inteiramente dedicado à saúde e beleza das pernas, com inúmeros dados curiosos e uma verdadeira bíblia dos cuidados com as pernas. Foi a pensar nas mulheres que vê na sua prática clínica que decidiu escrever este guia prático. A Dra. Joana de Carvalho partilha os cuidados médicos a ter com os problemas que mais afetam esta parte do corpo, como as temidas varizes, a celulite ou o lipedema, sem esquecer conselhos práticos de estética, para umas pernas saudáveis, mas também lindas e que aumentam a autoconfiança.

Gostei muito de ler!

O que é o lipedema e como tratar, pela Dra. Joana de Carvalho

O lipedema é uma doença que se caracteriza por uma acumulação desproporcional de gordura nos membros – mais frequentemente nos membros inferiores, podendo, em cerca de 30 % dos casos, envolver os braços.

Apesar de ter sido descrita pela primeira vez em 1940, apenas recentemente se tem vindo a assistir a um entusiasmo científico e um awareness crescente sobre o lipedema.

Quem sofre desta doença queixa-se habitualmente de:

  • “Pernas desproporcionalmente gordas”
  • Dificuldade em perder volume nas pernas apesar de várias tentativas de dieta com perda significativa noutras regiões do corpo
  • Dor
  • Hipersensibilidade
  • Sensação de peso
  • Ocorrência de equimoses (pisaduras) fáceis
  • Arrefecimento das pernas

Não raras vezes ouço em consultório: “Parece que tenho dois corpos” ou “Parece que ando sempre com umas calças vestidas” ou “Desde a puberdade tenho vergonha das minhas pernas tão gordas”.

Qual a causa do lipedema?

A causa do lipedema não é claramente conhecida mas acredita-se ter uma importante componente hereditária – frequentemente alguma outra mulher na família tem umas pernas de configuração semelhante: “Lá em casa todas temos assim as pernas”. Por este motivo, o problema é, muitas vezes, desvalorizado e tido como uma característica familiar.

O lipedema atinge quase em exclusivo as mulheres

O lipedema atinge quase em exclusivo as mulheres e parece surgir ou agravar em períodos de alteração hormonal significativa:

  • puberdade
  • início de toma de anticoncepcional oral
  • gravidez

É uma situação acompanhada de grande frustração, principalmente por haver tão pouco conhecimento e estar tantas vezes por diagnosticar. Não raras vezes as mulheres já consultaram vários médicos de diferentes especialidades obtendo diagnósticos díspares como obesidade, linfedema ou hábito corporal familiar. Isolamento social e depressão acompanham frequentemente esta “doença das pernas gordas”.

Mas o lipedema apresenta algumas características distintivas:

  • surge de forma simétrica (2 pernas e/ou 2 braços)
  • poupa os pés e as mãos (que surgem “magrinhos”)
  • acompanha-se de dor e/ou hipersensibilidade
  • não regride com o descanso
lipedema
O que fazer em caso de lipedema?

O primeiro passo para o tratamento é o diagnóstico correto. Desde esse momento podem ser instituídas medidas orientadas e devidamente individualizadas, como:

  • dietas específicas, nomeadamente a dieta anti-inflamatória e/ou ciclos de dieta cetogénica, as que têm evidenciado resultados mais positivos
  • início e/ou orientação da prática de exercício: os exercícios na água são particularmente indicados pela ausência de impacto, pela resistência natural da água e pelo efeito da pressão hidrostática

Estas medidas não têm um efeito imediato. A paciente deve estar ciente que se trata de um problema crónico que exige cuidados continuados e o seu tratamento implica um importante caminho de auto-conhecimento: quais os gatilhos que agravam o seu lipedema e quais as medidas mais eficazes.

Cirurgia em caso de lipedema?
lipedema

Cirurgia às pernas num caso clínico de lipedema – uma perna já operada e a outra ainda por operar

Após todas as medidas  conservadoras, se ainda assim os sintomas persistirem e os resultados ficarem aquém do esperado, haverá a possibilidade de realizar cirurgia de redução de volume, isto é, lipoaspiração. Contudo, esta lipoaspiração deve ser realizada por profissionais experientes em lipedema já que implica técnicas específicas estando particularmente recomendada a técnica WAL – Water-jet Assisted Lipossuction.

Este tratamento pode implicar uma a três cirurgias já que o volume a aspirar em cada momento é limitado, de forma a assegurar segurança, eficácia e adequada recuperação.

Dra. Joana de Carvalho, cirurgiã vascular especializada em flebologia estética

Artigos que poderão também interessar

Para quem procura mais informação sobre derrames e varizes:

  • Varizes, 6 mitos e realidades sobre tratamento – aqui
  • Derrames e varizes – precisam de tratamento? – aqui

 

É muito importante consultar o especialista certo para lidar com uma doença como o lipedema. A Dra. Joana de Carvalho é uma referência na sua área. É fundadora da LegClinic, a única na Europa com este conceito, inteiramente dedicada ao tratamento abrangente da saúde e beleza das pernas.

Fotografia: gentilmente cedida pela Dra. Joana de Carvalho

Posts relacionados

Higiene Íntima ISDIN e como fazer a correta higiene genital?

O que precisamos de saber sobre higiene íntima? Tendo por base a Revisão dos Consensos em Infeções Vulvovaginais da Sociedade Portuguesa de Ginecologia e as Recomendações para o Diagnóstico e Tratamento das Vagin...

Junho 20, 2024

MicoXpert: o expert das infeções fúngicas das unhas

Depois do enorme sucesso da caneta Si-Nails da ISDIN para as unhas fracas e quebradiças a marca não parou de inovar e acaba de lançar o novo MicoXpert, um dispositivo médico em caneta para o tratamento e prevençã...

Junho 1, 2024

Refirmante da ISDIN: pele mais firme ao fim de 1 mês

Se a flacidez da pele é um dado adquirido à medida que os anos avançam, a verdade é que passamos algum tempo das nossas vidas a tentar encontrar soluções eficazes para a perda de firmeza. Recentemente descobri o ...

Maio 5, 2024

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

    A

    Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. Este website está protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Condições do Serviço do Google são aplicáveis.

    My beauty Wishlist

    Copyright Beautyst . 2024