Álcool e pele – depois das festas como recuperar?

alcool e pele

Fim do ano, Natal, refeições à mesa que se estenderam estes dias, e seguramente houve quem bebesse o seu vinho favorito e o tradicional champanhe na passagem de ano (eu, eu, eu!). Mas e o efeito do álcool na pele? Sou apreciadora de vinho e gosto de bebidas alcoólicas qb, adoro cocktails, uma caipirinha, um mojito, e tenho a noção que nada disto me faz bem. Por isso reservo o consumo de álcool para o fim de semana, porque a vida não é uma prisão e eu gosto de apreciar também esses momentos. Hoje vou partilhar contigo algumas notas sobre este tema e também dicas extremamente úteis para não cairmos numa ressaca de beleza. Aqui, como em tudo, o segredo está na moderação!

Excessos alimentares e “detox”

Nós temos orgãos que fazem o “detox” do organismo, o fígado e os rins. Não precisamos de fazer uma desintoxição, esse é um mercado apetecível em que o marketing entra em força! Mas… o álcool pode ter vários efeitos na pele e sendo diurético o primeiro sinal que podemos sentir é desidratação. Quem nunca ficou com a pele macilenta e pálida após ter bebido álcool?

Essa desidratação leva a que o organismo tenha tendência para fazer retenção de líquidos (a água que estiver em reserva) deixando por exemplo o rosto e olhos mais inchados. Com o consumo regular de álcool a nossa pele ressente-se, podemos observar vasos sanguíneos e derrames varicosos proeminentes e eritema. Pessoas que têm problemas de pele, como por exemplo a rosácea, notam que com o álcool a vermelhidão piora.

alcool e pele

Álcool, pele e nutrientes

O consumo excessivo de álcool tem também como efeito desprover o corpo de vitaminas e nutrientes fundamentais para a função da pele, nomeadamente as reservas de vitaminas A, B, C e zinco. As vitaminas A e C são poderosos antioxidantes (já falei sobre este tema aqui onde expliquei o que são antioxidantes e radicais livres). A vitamina C também contribui para a síntese de colagénio, essencial para uma pele firme.

O álcool inibe a função da hormona antidiurética. Esta hormona, libertada sobretudo à noite, faz com que não tenhamos de ir à casa de banho tantas vezes. Mas se bebermos álcool à noite teremos mais vontade de ir à casa de banho. A perda de líquidos associada, a perda de magnésio e potássio traduz-se na manhã seguinte em linhas e olheiras no rosto.

Álcool, pele e outros beauty betrayers

A nossa dieta pode mesmo acelerar o envelhecimento da pele. Os beauty betrayers como gorduras trans, cafeína, álcool, comidas processadas, açúcar, entre outros, promovem o envelhecimento da pele. Cada vez que ingerimos álcool consumimos calorias “vazias”, sem qualquer interesse nutricional, “roubando” nutrientes e beleza ao nosso organismo e à nossa pele. O álcool também desequilibra o delicado sistema hormonal, gera stress no fígado (um orgão importante para uma pele com glow) e afeta a circulação sanguínea na pele. Por isso, como disse no início, moderação, para não acabarmos com uma ressaca de beleza!

álcool e pele

Dicas práticas para minimizar os efeitos do álcool na pele

Escolher o que se bebe: Primeiro que tudo é importante beber com moderação e escolher o que se bebe. As bebidas alcoólicas cheias de açúcar como os cocktails devem ser limitadas, pois adicionalmente o açúcar pode estimular a glicação, processo que conduz à formação de moléculas que são nocivas para a pele (nalgumas pessoas o açúcar também pode estimular a acne – Webinar sobre acne com a dermatologista Dra. Marisa André aqui). Eu prefiro beber vinho tinto.

Hidratação: É muito importante fazer uma boa hidratação enquanto bebemos álcool – devemos beber bastante água durante essa refeição, antes de dormir e no dia seguinte – faço sempre isto!

Repor nutrientes: Para repor os nutrientes perdidos, nada como frutas e vegetais frescos! Se ao álcool adicionarmos alimentos muito salgados estaremos a contribuir para uma maior retenção de água.

Dicas da nutricionista: Dicas da minha nutricionista Rita Andrade: “Nos dias seguintes aos excessos devemos preferir peixe a carne, evitar açúcar e álcool e dormir cedo para mimar o organismo. Se bebemos em excesso, podemos começar o dia com um chá de gengibre (com raspas de gengibre fresco), chá verde e canela e um kiwi”.

Ainda sobre as dicas da Rita Andrade, após os excessos podemos sentir a barriga inchada e enjoo. Podemos sentir-nos melhor com algumas águas aromatizadas. Aqui ficam as suas receitas:

  • Água detox #1: 1/2 pepino fatiado fino, 10 fatias de gengibre fresco, 2 rodelas de limão, 10 folhas de menta, 1 rodela fina de aipo. Colocar no frigorífico com água durante a noite e beber durante o dia a seguir aos excessos.
  • Água detox #2: Igual à 1 mas apenas com pepino, limão, menta e água.
  • Água detox #3: 10 morangos (podem ser congelados), 2 fatias de limão, sumo de 1 limão e 5 folhas de manjericão desfeitas. Juntar água e gelo, levar ao frigorífico para repousar no mínimo 5 horas e beber.
  • Água detox #4: Fazer um chá de hibisco e enquanto ainda está quente juntar 3 rodelas de limão, 3 rodelas finas de gengibre e raspa de gengibre e juntar 10 folhas de majericão. Colocar no frigorífico 12 horas.
  • Água detox #5: Ferver os seguintes ingredientes: açafrão da terra, raspas de gengibre fresco, sumo de 1 limão, canela, pimenta caiena e chá verde. Beber como chá quente.

 

O álcool seca imenso a minha pele, faz-me ficar mais inchada, com mais olheiras, com mais textura e linhas. Pode também influenciar negativamente uma alopécia androgenética. Por isso reservo o consumo de álcool no dia a dia para 1 a 2 vezes por semana. A partir dos 35 anos senti uma diferença muito grande com quase todos os hábitos menos saudáveis: repercussões visíveis na minha pele e cabelo.

Também sentes, como eu, diferença na tua pele quando bebes álcool?

Fotografia: Yellow Savages

Bibliografia consultada e sugerida: Dra. Anjali Mahto, “Bíblia dos Cuidados da Pele”; Dra. Yael Adler, “O Fascinante Mundo da Pele”; Jolene Hart, “Eat Pretty”, Sugestões pós excessos da nutricionista Rita Andrade em @ritaandrademindeat

Posts relacionados

Ácido hialurónico: injetável, suplementos e produtos cosméticos

Este ano fiz 42 anos e sem dúvida que das maiores transformações que senti na minha pele foi com a utilização de ácido hialurónico injetável, produtos cosméticos com este ingrediente e suplementação. É natural, c...

Dezembro 22, 2020

Beleza aos 42 anos – o que mudou para mim?

Esta semana fiz 42 anos! Eu adoro o dia do meu aniversário e não me importo mesmo que chegue um novo ano. Por norma é sinónimo de que já aprendi mais umas quantas coisas, que houve boas memórias, que os meus filh...

Dezembro 3, 2020

Antioxidantes nos cuidados de rosto – porquê usá-los?

Já todas ouvimos falar em antioxidantes e radicais livres, mas muitas pessoas não sabem o que são uns e outros. Hoje chegou o dia de eu explicar tudo sobre a importância de usarmos antioxidantes na nossa rotina d...

Novembro 24, 2020

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

    A
    Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. Este website está protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Condições do Serviço do Google são aplicáveis.

    My beauty Wishlist