3 dos meus segredos de beleza aos 40

Segredos de beleza aos 40

A minha pele sempre foi muito boa para mim (tirando o meu caso de queratose pilar). O meu rosto raramente me deu problemas (só 1 ou outra borbulha pontual durante a adolescência). Já falei aqui de algumas alterações que senti com o passar do tempo. E que só melhoram com muitos cuidados. Mas este projeto, pelo contacto que tenho com a dermatologia, também já me ajudou a traçar um plano e a perceber o que faz sentido. Já não sou nenhuma miúda e a publicidade passa-me ao lado. Por isso as minhas escolhas são alicerçadas em conhecimentos médicos que me foram transmitidos, bem como na minha experiência. Estes são 3 dos meus segredos de beleza aos 40:

Segredos de beleza aos 40

1. Não gastar muito dinheiro em produtos

Cada vez mais a minha escolha recai em ingredientes específicos, e isso não significa gastar imenso dinheiro. Não recai na marca (embora tenha algumas preferidas), nem nas campanhas de marketing (trabalhei em marketing 15 anos por isso sei passar bem ao lado da coisa). Que ingredientes é que valorizo? Aqueles que me foram prescritos em consulta de dermatologia: a vitamina C em percentagem elevada – pelo menos 10% – para atenuar manchas e aumentar a luminosidade, e os retinoides, que têm uma base científica e estudada e dos mais eficazes no envelhecimento da pele. Uso retinol prescrito em consulta que custa 3€ – sim, leste bem, 3€! Depois também valorizo a presença do ácido glicólico (a minha pele tolera muito bem) pelo efeito pele nova que dá, e o ácido hialurónico (alto e baixo peso molecular) bem como as ceramidas, pela hidratação e sensação de pele preenchida. O perfume está normalmente banido de quase todos os meus produtos de beleza (por isso não é fácil a escolha) salvo raras exceções ou quando é hipoalergénico. E isto porque não o tolero bem, tenho pele sensível. Uma rotina sem perfume faz muita diferença no meu rosto e mesmo no meu corpo.

Segredos de beleza aos 40

2. Investir em procedimentos estéticos

Claro que sim. Um creme não tem a capacidade de substituir procedimentos estéticos. A partir de determinada idade, por norma pelos 35, perdemos volume facial por via da reabsorção óssea e da diminuição da gordura do rosto. Já falei sobre este assunto aqui. A pele fica cada vez menos preenchida e começa a “cair”. Os contornos vão perdendo firmeza. Isto não é possível prevenir ou corrigir com cremes. Também há sinais do envelhecimento que são muito difíceis, como manchas, e as rugas instaladas. Há procedimentos que, embora mais caros que cremes, são realmente eficazes. A perda de firmeza da pele, por exemplo na zona da barriga, é um dos assuntos que me leva a fazer procedimentos estéticos também. Este é outro dos meus segredos de beleza aos 40.

Segredos de beleza aos 40

Segredos de beleza aos 40

3. Ter bons hábitos de vida

Em vez de gastar imenso dinheiro e depositar todas as esperanças em produtos. Dormir é essencial para a nossa pele. Segundo vários estudos, dormir menos de 6 horas por noite é prejudicial para a qualidade da pele e acelera o seu envelhecimento. Sempre que acumulo algumas noites mal dormidas, a minha pele não é a mesma. Sei o que me espera: pele sem vida, sem “luz”, uma maquilhagem que não funde bem, textura irregular. Nesses dias sei mesmo que não vou estar no meu melhor. Além de tentar dormir o melhor possível, dou muita importância à minha alimentação, privilegiando alimentos frescos, vegetais, fruta, boas fontes de proteína e evitando o álcool, gorduras e alimentos processados.

E tu, que segredos tens?

Segredos de beleza aos 40

Fotografia: Yellow Savages

Posts relacionados

DermaGlow, rejuvenescer em 3 sessões, é possível?

Os protocolos em dermatologia estão a tornar-se cada vez mais eficazes para dar resposta às queixas de pele mais frequentes, combinando tecnologia de ponta e os equipamentos mais avançados para resultados naturai...

Junho 15, 2024

Foreo Luna 3 e o método infalível para uma pele radiante

Há uns anos fiz um artigo bastante completo sobre a minha experiência com a Foreo e com a opinião de dermatologistas. Na verdade, procuro mexer o mínimo possível na minha pele, e a Foreo realiza uma esfoliação fí...

Maio 21, 2024

High Collagen 2.0, o novo suplemento de colagénio: o que muda?

Quando envelhecemos, a nossa pele passa por algumas mudanças inesperadas. O colagénio, que é como o "cimento" que mantém a nossa pele firme e suave, começa a diminuir em quantidade e qualidade. Isso significa que...

Março 10, 2024

6 comentários

  1. Ana Isabel Martins diz:

    Nenhuma gama específica? Estava a precisar de um conselho para comprar obrigada

    1. Joana Alvares diz:

      Olá Ana! Eu gosto muito da gama Neostrata Skinactive como já mencionei aqui no site. Podes ver mais aqui: https://www.beautyst.pt/everyday/a-linha-de-cuidados-que-uso-neste-momento Por outro lado, relativamente ao ácido hialurónico e ao ácido glicólico, gosto de fazer séruns pois sinto que são mais eficazes na minha pele. Gosto muito do Hydra Hyal da Filorga, mas também do HA Intensifier da Skinceuticals e o Advanced Night Repair da Estée Lauder (uso sempre antes do hidratante, de manhã ou à noite). No que diz respeito ao ácido glicólico estou a fazer um sérum com elevada concentração (que pode não resultar em qualquer pele) e que tem também um derivado do retinol, podendo ser útil numa pele que está a envelhecer (faço à noite antes do hidratante). É o sérum Alta Potência R, também da Neostrata. Quanto ao retinoide de prescrição médica, é um medicamento e como tal não posso indicar, tem mesmo de ser um dermatologista. Aconselho sempre uma consulta de dermatologia, fundamental para detetar questões de pele individuais. Um grande beijinho! Joana

  2. Paula Nogueira diz:

    Joana,
    Boa noite!
    Percorrendo o seu blog vi que usa o mesmo acido glicólico que eu -o tal dos 3€! por curiosidade como usa e quantas vezes? Neste momento só consigo fazer uma vez por semana porque fico a descamar quando uso mais.
    Fantastico o seu projecto.
    Beijinho
    Paula

    1. Joana Alvares diz:

      Olá Paula! 🙂 Estás a referir-te ao retinoide e não ao ácido glicólico. Como sabes é medicamento e por isso a frequência de utilização deve ser definida com médico dermatologista de acordo com o tipo e estado da pele. O perigo na internet é este tipo de informação ser de acesso fácil, quando falamos de medicamentos, pois há a tendência de as pessoas quererem experimentar e descurarem uma ida ao médico. Eu uso só uma vez também. Recordo que os medicamentos não devem ser usados sem orientação e prescrição médica. Um grande beijinho! Joana

  3. Paula Nogueira diz:

    Joana,
    Exactamente, retinoide!
    Eu uso uma vez por semana e misturo com o creme de noite (fica a dica)!
    Beijinho
    Paula

    1. Joana Alvares diz:

      A minha dermatologista explicou-me que devo usar sobre a pele limpa em camada fina. Por isso não o misturo com mais nenhum produto (esta dica é tua ou do médico?). Passado cerca de 1 hora faço a restante rotina. Um beijinho!

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

    A

    Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. Este website está protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Condições do Serviço do Google são aplicáveis.

    My beauty Wishlist

    Copyright Beautyst . 2024