Alda Gomes e a sua rotina de beleza com o cabelo

alda gomes

A Alda Gomes é uma atriz linda (por dentro e por fora) com quem tive o prazer de estar a falar durante umas horas sobre cabelo (o seu, o meu, o cabelo das mulheres com quem nos cruzamos). Um assunto que toca a nós duas. Já publiquei aqui o artigo em que a Alda fala de várias questões relacionadas com o seu cabelo, nomeadamente o que a fez aperceber-se que algo se passava, e como foi lidar com isso. Hoje vamos ver as suas rotinas de cabelo e falar de produtos e do cabeleireiro que fazem parte do seu dia a dia.

P: O que fazes quando sentes que o teu cabelo está num dia mau?

Alda Gomes: Prendo-o para me sentir mais confortável, porque não me sinto mais bonita. Para mim prender o cabelo é um escape. Sinto que estou “disfarçada”. Quando se prende o cabelo não se nota muito o couro cabeludo. Mas se o prendo também se nota o couro cabeludo assim dos lados. É que nem assim fico muito descansada. Não me sinto espetacular.

P: Qual é o produto de beleza (cabelo) mais caro que usas, e porquê?

Alda Gomes: Sim, e não é para o cabelo todo. É um óleo da Kérastase. Muitas vezes coloco nas pontas, mesmo depois de o pentear. Ou por exemplo à noite coloco. Sempre sinto que estou a fazer qualquer coisa pelo meu cabelo. É caro, mas sei que faz o seu propósito. No dia seguinte ele está mais bonito.

P: Qual é o produto de beleza (cabelo) mais acessível que usas, e porquê?

Alda Gomes: Eu não uso um champô qualquer, sabes. Sempre me disseram para não usar os champôs de supermercado. Mas devem ser os elásticos em espiral para o meu cabelo.

P: Que produtos gostas de utilizar (lavagem, tratamentos, produtos de styling)?

Alda Gomes: Eu faço, como te disse, um protocolo da Kérastase na Maria Lourenço Cabeleireiros, que vai sendo alterado conforme o estado do cabelo. Não é sempre a mesma linha nem o mesmo tratamento. E ela vai sempre ao encontro de como me sinto nesse dia. Acho muito interessante este protocolo. Por isso muito obrigada à Kérastase, à Companhia das Soluções (que estabelece este protocolo com a Alda), porque vão encontro do que é necessário nessa altura. Por exemplo, neste momento estou a usar uma linha lilás da Kérastase, o champô e o condicionador são lilases, para ajudar a manter o tom de loiro bonito. É a linha Blonde Absolu. E a linha que eu mais gosto é a linha Chronologiste que me ajuda com o meu couro cabeludo. É a que uso quase sempre, para além da máscara da mesma linha. Além do óleo Elixir que uso bastante. Quando preciso de usar laca por algum motivo gosto de colocar umas gotas do óleo para dar um aspeto mais hidratado ao cabelo.

Tentei o pó Ecophane, mas não gostei do sabor, é muito difícil voltar a conseguir tomar. Os comprimidos consigo tomar.

No fundo há muita coisa que eu faço que vai de encontro ao meu cabelo, estou a aperceber-me agora que estou a falar contigo!

P: Qual o teu beauty spot favorito?

Alda Gomes: Adoro a Maria Lourenço Cabeleireiros. É lá que me sinto mimada. Acarinham o meu cabelo. Não há julgamentos. É um spa autêntico, em que me posso esquecer um pouco desta questão do cabelo, que faz parte do meu ADN. Vou e estou confortável, não sou apontada. Estou lá como outra mulher que vai ao cabeleireiro para se sentir bonita.

beautyst

P: Penteados, o que fazes, como fazes?

Alda Gomes: Desde que comecei a ter o cabelo comprido, se vou a um evento por exemplo, já não tenho prendido o cabelo, já não sei como o prender para essas situações. Então usufruo que ele está comprido, faço o meu Babyliss, solto os caracóis, ponho um pouquinho de laca, risco ao lado (não o posso fazer ao meio) e não trocar de lado. Porque deste lado (onde não tenho o risco) eu tenho uma herança do meu pai, um tufo enorme de cabelo branco. Comecei a criar uma forma de falar e de estar porque tenho o risco para este lado. Não faço grandes penteados, e se for a um cabeleireiro nem sempre conseguem fazer um penteado melhor do que eu. O resultado final no cabeleireiro fica bem, tem o toque da cabeleireira. Mas gosto muito de fazer eu os penteados. Tenho truques. Já são muitos anos disto.

P: Qual a tua rotina de cabelo / lavagem / corte?

Alda Gomes: Vou prendendo o cabelo e não o lavo todos os dias. Mas se vou dormir, amanhã acordo com a forma da almofada na cabeça, sabes? A primeira coisa que faço de manhã é prender o meu cabelo. O meu cabelo não é leve, não é forte! Tem de ser. Esqueço-me de fazer máscaras. Mas sei que devia fazer mais. Ganhar prática. Só pensar em gastar água e estar à espera que a máscara faça efeito… não é fácil.

P: Que outro tipo de cuidados tens com o teu cabelo (exposição solar, cabeleireiro, queratina, máscaras, etc)?

Alda Gomes: Não tenho. Só uso mesmo protetor solar na cara. Mas faz-me muita confusão os protetores, sabes. Tenho a sensação de que fico toda besuntada, então estou sempre a limpar-me na toalha. Não aplico produtos de proteção no cabelo. Os outros tipos de cuidado que tenho com o meu cabelo são usar umas ampolas específicas para cuidar da sensibilidade do meu couro cabeludo, são calmantes e são anti-desconforto. Uso também um champô que cuida da sensibilidade do meu cabelo, acompanhado por uma máscara. Tudo da Kérastase, gama Chronologiste.

A Alda Gomes é uma pessoa tão doce que não dá para explicar. Fiquei encantada por a ter conhecido e espero que em breve possamos estar novamente juntas… ficava horas a falar do tema cabelo com a Alda, alguém em quem cedo reconheci na televisão um problema de cabelo semelhante ao meu. Muito obrigada Alda por me receberes!

Fotografia: Márcia Soares

Espaço: Agência Glam

Posts relacionados

Botox capilar – tudo o que precisas de saber

Recentemente voltei a fazer o meu botox capilar no cabeleireiro Unique em Lisboa. Um procedimento que tem como objetivo alinhar as cutículas dos fios de cabelo, dando-lhe muito brilho, reduzindo o frizz e domando...

Julho 7, 2020

Proteção solar e cabelo – o que escolher?

Depois de ter enviado uma Newsletter específica sobre proteção solar de rosto, chegou a vez de falar sobre proteção solar e cabelo. Acredito que existem várias dúvidas, por isso pedi ajuda ao dermatologista Dr. R...

Junho 9, 2020

O stress e o impacto na queda de cabelo – o que fazer?

Este é um dos assuntos que mais gosto de focar quando me fazem perguntas sobre queda de cabelo, uma vez que genericamente se fala sobre o stress e impacto na queda de cabelo, mas efetivamente acho que quem se pre...

Junho 2, 2020

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

A
Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

My beauty Wishlist