Miyoko – a marca portuguesa de body e home care

miyoko

Conheci a Miyoko recentemente e fiquei deliciada! Este é um projeto português que vale a pena conhecer. A Joana Custódio, fundadora da Miyoko e farmacêutica, explica-nos como foi desenvolver a sua marca e que produtos incríveis podemos encontrar no portefólio que conta com propostas de body e home care.

Quem é a Joana, por trás da marca Miyoko?

Joana Custódio: Eu sou farmacêutica de profissão. Tenho Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas e um Master em Cosmética e Dermofarmácia (do CESIF). Sou mãe de dois, uma menina que faz 3 anos em Agosto e um menino de 8 meses. Sou natural de Fátima, mas atualmente vivo em Braga.

miyoko

Como tiveste a ideia de criar a tua marca? Como começaste?

A ideia de criar a marca não foi propriamente uma ideia isolada que surgiu. Foi algo que se proporcionou no decorrer do meu percurso académico e profissional. Para contar a história da minha marca tenho de contar um bocadinho desse percurso.

Depois de trabalhar dois anos em farmácia comunitária, decidi investir um pouco mais na minha carreira e especializar-me numa área que sempre adorei: a pele. Senti que me faltava uma especialização e tive conhecimento do Master em Cosmética e Dermofarmácia do CESIF, em Madrid, e não hesitei em candidatar-me. Foi a melhor oportunidade de crescer pessoal e profissionalmente.

Ao regressar, fui convidada por um dos meus tios a integrar-me na Manulena, empresa de velas fundada pelo meu avô paterno há mais de 50 anos. Na altura não existia a unidade de cosmética, mas a empresa já trabalhava com clientes estrangeiros, cujas marcas, muitas eram de cosmética e que procuravam a Manulena para produzir velas como produto complementar. Percebeu-se que havia uma sinergia entre home care e body care e surgiu interesse em explorar essa área. Ao mesmo tempo, começou a haver procura de velas de massagem, mas que, apesar de serem velas, são um produto cosmético e não podiam ser produzidas na mesma unidade.

Iniciou-se então o projeto da unidade de Cosmética da Manulena, do qual eu fui responsável desde o momento zero. Foi construída a unidade (reformou-se a fábrica antiga e inativa de velas) e quando finalmente ficou concluída, arrancámos logo com o primeiro projeto para um cliente de velas de massagem. E tudo começou aí!

Depois das velas, comecei por tentar desenvolver outros produtos, não só para criar portefólio para potenciais clientes como também para cumprir o desejo de desenvolver uma marca própria para a empresa.

E aqui surge a Miyoko. Ainda meio perdidos acerca do nome da marca e do conceito a adotar, procurei desenvolver fórmulas de produtos úteis para o dia-a-dia, simples e com uma composição o mais natural possível. Procurei desenvolver produtos com os quais me identificava, apostando na sensorialidade (na cosmeticidade do produto, no after feel, no cheiro…), na qualidade do produto e essencialmente no cuidado e respeito da pele. Um produto que seja agradável de usar e que nos deixe um cheirinho agradável na pele e a deixe suave e com a sensação de estar cuidada, é essencial para o nosso bem-estar, físico e emocional.

Mais tarde, por motivos pessoais (casar com um Bracarense!) tomei a decisão de ir viver para Braga. Passei a fazer um trabalho mais comercial e aí a minha aposta foram precisamente as farmácias (achei que havia espaço para uma marca mais sensorial e de bem-estar). Com a distância passou a ser difícil trabalhar para a Manulena mas deixar a Miyoko para trás e todos aqueles anos de dedicação e paixão a um projeto, estava fora de questão para mim. A Miyoko era o meu primeiro “bebé” e então fiz uma proposta de aquisição da marca, que foi aceite. Acabei por criar a minha própria empresa, a CARODERME, inspirada no nome da minha primeira filha Carolina que, entretanto, nascera.

Hoje em dia, todos os produtos continuam a ser produzidos lá, na Manulena, e onde continuam a ser desenvolvidos os novos produtos. Digamos que atualmente não ponho “a mão na massa” no que toca a formulação, mas sou eu que os idealizo, concebo e reúno tudo o que é necessário para a sua colocação no mercado.

miyoko

O que significa o nome Miyoko?

Miyoko significa “Geração da Beleza” em japonês. É também um nome muito feminino associado às deusas da beleza do Japão. Está associado a uma mulher bonita e calma, que se cuida e que se preocupa com o seu bem-estar e com o bem-estar dos outros.

O nome Miyoko surgiu duma proposta de branding e fez todo o sentido. A cultura japonesa está carregada de simbolismos e os elementos estéticos que compõem a marca, traduzem-se em características que uma mulher aprecia quando pensa em cuidar-se.

Eu tinha estado um ano antes no Japão numa feira, e fiquei apaixonada pela cultura japonesa, por isso ainda mais sentido fez. Para a Miyoko, e para mim, “a pele é o espelho da nossa alma” e isso interfere na forma como interpretamos o mundo e como o mundo nos interpreta. Por isso devemos cuidá-la e respeitá-la. Devemos amar a nossa pele. Daí a assinatura “Love Your Skin” (Miyoko, Love Your Skin). E isso começa pelos cuidados básicos a ter com a pele – limpeza e hidratação, além da proteção obviamente. Isso traduz-se em beleza e em bem-estar.

miyoko

As velas de massagem são uma das opções diferenciadoras da tua marca. Conta-nos a história destas velas.

As velas de massagem começaram a ser um tipo de produto procurado por parte dos clientes da Manulena. Quando comecei a trabalhar lá, já existia um protótipo feito, mas que não me agradava totalmente. Fui fazendo várias experiências, experimentando outros ingredientes (praticamente todos vegetais – óleos, ceras, manteigas) para melhorar a fórmula até que cheguei a uma que me encheu as medidas!

miyoko

Que produtos podemos encontrar na marca?

Na maioria são produtos de corpo, de limpeza e hidratação, apesar de ter também produtos de cuidado de mãos.

  • Mãos: Sabonete líquido, creme de mãos e gel desinfetante
  • Banho: gel de banho, gel de banho esfoliante, esfoliante de sal, óleo de duche
  • Corpo: velas de massagem, loções hidratantes, manteigas de corpo, óleo de corpo com brilho e creme com brilho (novidade)
  • Kits de viagem (que incluem também champô e condicionador)
  • Home care: perfume de interior e pontualmente, velas perfumadas
E destes produtos quais recomendas que um cliente que nunca tenha comprado a marca experimente?

Todos (estou a brincar)! Acho mesmo que para quem não conhece, as velas de massagem são um dos produtos mais curiosos e com o qual as pessoas ficam agradavelmente surpreendidas. No geral não conhecem o conceito e têm medo de se queimar, mas quando experimentam, a reação é muito engraçada e muito positiva.

Da linha inicial (a Scent Edition) recomendo sempre o gel de banho esfoliante e como hidratante a manteiga (para uma pele seca principalmente). Da nova linha (Lust Edition) recomendo o esfoliante de sal e o creme ou o óleo de corpo com brilho (o creme é uma novidade que acabou de “sair do forno”).

miyoko

Quais os best sellers Miyoko e onde podemos encontrar a marca à venda?

Os best sellers são o gel de banho esfoliante e a loção corporal (principalmente do aroma Botanica Symphony). Da nova linha que foi lançada em Abril está a ser o óleo de brilho e o esfoliante de sal.

A marca está à venda em farmácias, alguns centros de estética e online. No site os pontos de venda estão indicados na área dos contactos.

O perfume de interior podemos usar de que forma?

O seu propósito é perfumar a casa. Deve ser usado como um difusor em spray: 3 ou 4 pulverizações na divisão que se pretende perfumar, e repetir se necessário ou desejado mais vezes ao longo do dia.

Como vês o futuro da tua marca?

Adorava e é minha ambição vê-la além-fronteiras. A marca ainda é pequenina, mas adorava que passasse a ser essencial numa farmácia, ou então, quem sabe, ter uma loja própria!

Joana Custódio, fundadora da Miyoko

 

Estou encantada com as propostas da marca! Posso dizer que nunca tinha experimentado uma vela de massagem e é mesmo uma experiência única. Os cheirinhos dos produtos são tão bons e envolventes, o after feel é tão sensorial e agradável, que não há como não resistir. O óleo de brilho que deixa a pele hidratada e com um brilho muito subtil e os esfoliantes são produtos estrela para usar este verão!

Fotografia: Márcia Soares

Fotografia da Joana Custódio: gentilmente cedida pela mesma

Posts relacionados

Champô sólido nacional [PH]ACT: entrevista e a minha review

Recebo muitas perguntas sobre champô sólido e posso dizer que até aqui não tinha grande opinião até porque não tinha usado ainda. E, muito honestamente, não me via a colocar um produto em barra na cabeça. Hoje vo...

Junho 3, 2021

Lojas online de dermocosmética, perfumes e cabelo

As lojas online têm-nos facilitado muito a vida, por todos os motivos. Neste momento, devido ao confinamento, e também para minimizar as saídas, comprar online não só se tornou um hábito como se tornou prático e ...

Março 11, 2021

Catarina Barbosa – a marca portuguesa para mulheres únicas

Tenho vindo a acompanhar o trabalho da Catarina Barbosa praticamente desde o início. A marca de skincare portuguesa com o mesmo nome da sua fundadora, nascida e criada em Vila Nova de Milfontes, para mulheres que...

Março 9, 2021

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

    A
    Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. Este website está protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Condições do Serviço do Google são aplicáveis.

    My beauty Wishlist