O meu branqueamento em duas fases: em que consiste?

branqueamento

Depois de pensar se devia ou não branquear os dentes, coloquei a questão ao meu dentista e ele tirou-me várias dúvidas sobre o branqueamento dentário. O Dr. Pedro Alves é muito cuidadoso com os meus dentes. Exatamente o profissional que eu precisava depois de tudo o que passei com os meus dentes. Um dia conto a história! Hoje quero explicar-te os pormenores sobre o meu branqueamento em duas fases.

O meu branqueamento

O que é um branqueamento?

O Dr. Pedro Alves explicou-me que o branqueamento deveria ter a designação brasileira de “clareamento”, porque neste processo não estamos a branquear os dentes, mas sim a clareá-los. Ele tirou um mostruário da sua gaveta com dentes de vários tons (desde muito amarelos a mais branquinhos). Referiu então que o branqueamento consegue abrir por norma 2 tons e que os dentes caninos costumam ser os mais amarelos da nossa dentição. Por isso, mesmo depois do branqueamento, vão continuar a ser.

O meu branqueamento

Duas fases do branqueamento

Então como se processa o branqueamento que fiz? Ele é constituído por duas fases: uma primeira feita em consultório, que tem a duração de uma hora e é feita com luz ultravioleta e uma segunda, feita em casa, com moldes e um produto próprio. E porquê fazer este processo misto? Porque só com o procedimento no consultório poderíamos sensibilizar muito os dentes, e só em casa o processo poderia ser muito demorado (e não conseguirmos abrir tanto o tom).

O meu branqueamento

No consultório, fizemos o molde para as goteiras. Esta parte não tem muita piada, pois é fácil termos a sensação de vómito. O que vale é que é relativamente rápido, cerca de 1 minuto. As goteiras são uma réplica dos nossos dentes, mas em negativo. É nas goteiras que é colocado o produto branqueador para usar em casa. Em casa o produto deve estar em contacto com os nossos dentes, durante 2 horas por dia, cerca de 2 semanas.

O branqueamento que fiz custou 250 € e incluiu os moldes, as goteiras, o tratamento em consultório e os produtos para usar em casa. Uma questão muito importante que me disse o Dr. Pedro Alves é que se continuarmos a comer e a beber alimentos que tingem os dentes (chá, colas, café, vinho tinto, etc.), passados cerca de 2 anos podemos fazer um refresh com o tratamento de casa, que tem o custo de 75€.

O meu branqueamento

E tu, já pensaste em branquear os dentes?

Fotografia: Yellow Savages

Posts relacionados

Sobrancelhas perfeitas: o sérum que comprei e porquê

Quem passou os anos 90 a depilar as sobrancelhas até ficarem quase uma linha? Não cheguei a tanto, mas depilei muito as minhas sobrancelhas até ao momento em que passei a querer umas sobrancelhas perfeitas e gros...

Janeiro 11, 2022

Fiz 43 anos! 5 coisas que gostava de ter sabido aos 23

Nunca ninguém me ouviu queixar-me sobre a minha idade. Eu adoro fazer anos, adoro ter mais um ano de vida e cada ano é uma verdadeira bênção para mim. Mais um ano com memórias dos meus filhos e da minha família, ...

Dezembro 9, 2021

Flacidez da pele: Potenza, o tratamento que estou a fazer

Esta deve ser das perguntas que mais me colocam: "O que fazer para a flacidez da pele"? Se sabemos que há cuidados cosméticos que ajudam no processo de envelhecimento, também sabemos que a flacidez é uma das quei...

Outubro 15, 2021

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

    A
    Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. Este website está protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Condições do Serviço do Google são aplicáveis.

    My beauty Wishlist