Qual a relação entre alimentação e cabelo? (segundo a nutricionista)

Dieta e queda de cabelo

Hoje em dia é muito confuso perceber o que devemos ou não comer. E que nutrientes ou vitaminas fazem bem ao cabelo. Há alimentos que devemos ingerir para ter um cabelo mais saudável? Se tenho uma alopécia devo ingerir determinados alimentos em detrimento de outros? Qual a relação entre dieta e queda de cabelo? Depois de ter passado a fazer consultas de nutrição com a Dra. Alexandra Cardoso, pedi-lhe para nos ajudar a perceber mais sobre nutrição e saúde capilar.

P: Qual a relação entre dieta e queda de cabelo?

R: No que diz respeito à saúde do cabelo, aplica-se também a expressão que “Somos o que comemos”. A alimentação e o estilo de vida desempenham um papel fundamental na preservação da saúde capilar e prevenção da queda de cabelo.

São diversas as causas de enfraquecimento e queda de cabelo, destacando-se nutricionalmente, os fatores relacionados com o estilo de vida, tais como: o stress, os episódios emocionais e as dietas desequilibradas ou muito restritivas. Estas dietas são frequentes na adesão às dietas milagrosas da moda, mas não asseguram o aporte de proteínas e nutrientes essenciais ao organismo, originando défices acentuados, que podem fragilizar a saúde capilar. A ocorrência de alterações hormonais ou emocionais, anemias, infeções ou doenças autoimunes e stress, podem ainda contribuir para que as necessidades nutricionais estejam acrescidas em determinado período da vida.

Nutrientes envolvidos no equilíbrio do ciclo capilar

O cabelo é composto essencialmente por proteína, a queratina. No entanto, os nutrientes envolvidos no equilíbrio do ciclo capilar são imensos: os minerais, como o ferro, o magnésio, o zinco, o selénio, o silício; as vitaminas, como os betacarotenos, as vitaminas C, E e do complexo B (nomeadamente a biotina); as proteínas, especificamente a cisteína; os ácidos gordos essenciais como os ómega-3 e obviamente a água, crucial para a hidratação capilar.

Dieta e queda de cabelo

Alimentos a privilegiar

A dieta deve ter um conteúdo nutricional de elevada densidade e o mais natural possível. A alimentação cuidada na alopécia, na ausência de défices identificados, deve então ser rica em: frutas, particularmente frutos silvestres, legumes, vegetais de folha verde escura, leguminosas (feijões e lentilhas), frutos secos e sementes (nozes, amêndoas, castanha do brasil, linhaça, sésamo…), salmão, atum, sardinha, cavala, ovo, queijos de baixo teor de gordura, cereais integrais (arroz, quinoa, gérmen de trigo, aveia …) e água.

Fundamentalmente, é a diversidade alimentar, aliada à escolha de alimentos pouco ou nada processados, e com baixo teor de agrotóxicos, que se traduz em benefícios para a saúde capilar a longo prazo.

Dra. Alexandra Cardoso, nutricionista

Estou cada vez mais atenta à questão da “alimentação para o cabelo”, e confesso que se antes tinha refeições em que saltava as proteínas, neste momento não. Adoro ovo, salmão e leguminosas. Também ingiro muitos mais legumes e frutas, nomeadamente os espinafres que como numa base diária, e os frutos silvestres, que adoro. A carne, fonte de proteína, é também algo que faz parte da minha alimentação. Quando falamos em pele e cabelo, os profissionais de saúde são unânimes: ter bons hábitos de saúde e fazer uma alimentação variada e equilibrada é mesmo fundamental. Os cuidados de pele e cabelo, sem este suporte de nutrição, não são curas nem milagres.

E tu, tens este tipo de cuidado? Dás atenção aos alimentos nesta perspetiva de uma boa saúde capilar?

Posts relacionados

SU da Davines, a SUUUPER linha capilar after sun!

Esta é uma das perguntas que provavelmente mais recebo nesta altura do ano: “Uma boa linha capilar after sun?” e a realidade é que até aqui eu sinto que ainda não tinha encontrado “A” gama capilar para uso no ver...

Julho 17, 2024

Terapia com laser/luz de baixa potência na alopécia androgenética

A alopécia androgenética pode afetar 80% dos homens e 40% das mulheres. Uma vez que o tema da terapia do laser / luz de baixa potência tem vindo a aparecer cada vez mais sobre a forma de produtos intermináveis qu...

Julho 9, 2024

Solar Protect: a nova água solar para cabelo e couro cabeludo!

A Solar Protect da Lazartigue é a nova água solar protetora do cabelo e couro cabeludo que irá fazer as delícias de quem não prescinde dos bons dias de praia e dos longos banhos de mar e piscina. Mas, o que acont...

Junho 18, 2024

4 comentários

  1. Ines diz:

    Olá Joana! A questão da alimentação e cabelo é realmente importante. Tem recomendações ou poderá abordar o tópico tendo em conta uma dieta vegetariana ou vegan? Muito obrigada pelos seus artigos, são realmente fantástico. Eu e as minhas irmãs partilhamos umas com as outras as suas dicas.

    1. Joana Alvares diz:

      Olá Inês! Viva! Podes ver o Live que fiz com a minha nutricionista Rita Andrade, que encontras no feed do meu Instagram, e onde também falamos sobre o tema. Incluir gérmen de trigo em sumos e sopas pode fazer sentido, usar folhas escuras como espinafres, couve kale e outras, ovos são muito importantes, pela proteína (comes ovos?), frutos vermelhos… Em todo o caso pode ser um assunto a abordar em consulta de nutrição uma vez que pode haver carências vitamínicas ou proteicas. Um beijinho, Joana

  2. Ines diz:

    Olá Joana! Obrigada pela sua resposta. Não tenho instagram e por isso não consigo ver o video. Tem disponível noutro canal (também não uso facebook)? Como ovos, não com muita regularidade, mas pelo menos 1 vez por semana. Vou ver do gérmen de trigo e se como mais folhas escuras como refere. Comemos muitas lentilhas, grão de bico, vegetais como courgette, brócolos, pimentos, pepino e tomate. Frutos vermelhos não consumo, pois tenho dificuldade em encontrar sítios onde vedam sem ser em embalagens de plástico (ainda ontem fiquei de olho nuns mirtilos que não comprei pela embalagem 🙁 )
    Mais uma vez obrigada. Se tiver alguma nutricionista que me posso indicar que eu possa contactar e fazer uma consulta por video-chamada, agradecia. Obrigada

    1. Joana Alvares diz:

      Olá Inês! Vê se com este link consegues assistir ao Live: https://www.instagram.com/tv/CLFpJUfJWA8/?utm_source=ig_web_copy_link
      Em relação a nutricionista, recomendo a Dra. Rita Andrade, é a minha nutricionista e dá consulta na Clínica MindEat em Lisboa e também através de teleconsulta. Basta ligar para lá e marcar (em relação ao que relatas, na minha opinião parece haver uma ingestão insuficiente em proteína, mas consegues confirmar em consulta de nutrição – a proteína é essencial para o cabelo e também para a pele). Um beijinho! Joana

Comenta este post

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

As seguintes regras de RGPD (Regulamento Geral Proteção de Dados) terão de ser lidas e aceites:
Este formulário armazena o teu nome, e-mail e conteúdo para que possamos acompanhar os comentários colocados no site. Para mais informações, consulta a nossa política de proteção de dados, onde obterás mais informações sobre onde, como e por que armazenamos os teus dados.

recebe as novidades beautyst

    A

    Aceito as condições gerais. Consulta a nossa política de proteção de dados. Este website está protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e Condições do Serviço do Google são aplicáveis.

    My beauty Wishlist

    Copyright Beautyst . 2024